.

Gente que investe no amor.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Vale a pena trocar o certo pelo duvidoso?


Por: Rosana Braga 


Você está lá, feliz da vida, namorando aquela pessoa bacana, fazendo planos e se sentindo tranqüila como há tempos não se sentia... Vai tudo muito bem, obrigado! Quando, eis que de repente, do nada, surge aquele amor do passado!

Depois de estremecer, sentir aquele frio doído na barriga, constatar seu coração disparado e suas mãos suando, você recupera o mínimo de discernimento e se pergunta: o que eu faço agora? Será que vale a pena correr o risco de botar tudo a perder com essa pessoa para dar uma nova chance a quem havia desaparecido de sua vida?

Seria ótimo se existisse uma resposta certa e uma resposta errada para cada caso. Entretanto, não existe. Em casos como esse, você vai mesmo ter de parar, refletir e, sobretudo, consultar seu coração. Não um coração tolo, inocente e ingênuo a ponto de repetir as velhas bobagens do passado. Mas um coração lúcido, são, capaz de ponderar o que já aconteceu, o que está acontecendo e quais as reais possibilidades de algo realmente bom vir a acontecer!

Em primeiro lugar, vale lembrar que certas pessoas reaparecem simplesmente porque não suportam ver um "ex" comprometido e feliz. Não sabem lidar com o fato de que não é mais a "bola da vez". Também existem aqueles que, estando sozinhos ou até mesmo acompanhados, caem num mórbido estado de nostalgia e resolvem reviver sensações antigas, com amores já terminados...

Acontece que, independentemente dos motivos, o fato é que é você quem terá de decidir se vale a pena trocar o certo pelo duvidoso e, mais do que isso, se está disposto a correr o risco de amargar um gigantesca decepção. Sim, claro, pode ser que dê certo, sem dúvida! Afinal, o "ex" pode mesmo ter se dado conta, somente agora, de tudo o que sente por você.

Porém, e muito porém mesmo, é hora de usar a inteligência e agir como quem sabe que não merece ser feito de bobo. Se for para arriscar, que seja por uma causa que o valha! E que seja um risco baseado em maturidade e, sobretudo, lealdade. E só tem um jeito de perceber se o desenrolar desta história vai por este caminho: observando atentamente as atitudes do outro.

A proposta dele tem consistência? Esta pessoa que reapareceu para bagunçar seus hormônios e agitar os seus pensamentos diz apenas que gosta de você ou que quer realmente ficar com você, assumir um relacionamento? Ela dá sinais claros de que pretende se comprometer ou, até então, só demonstra que quer um "flashback"?

E se ela estiver comprometida com outro alguém, este é mais um ponto que deve ser muito bem considerado. Se realmente gosta e quer ficar com você, por que não termina antes com quem está? E se não der para terminar agora, quanto estaria disposta a esperar até que vocês dois possam reorganizar suas vidas e ficarem juntos sem causar mais estragos que o inevitável?

Enfim, existem pessoas com intenções realmente nobres e existem pessoas que só querem mesmo "causar", não se importando com quem irão magoar. Mas uma coisa é certa: entre o "sim" e o "não", a escolha será sua e a responsabilidade pelas conseqüências também!



Recomendo o livro abaixo , e você pode fazer download com segurança no site : 4shared




 

Nenhum comentário:

Se desejas aprender mais sobre o amor, visite meu arquivo :

Related Posts with Thumbnails